Como utilizar o e-mail marketing na sua empresa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O primeiro passo é construir sua base de e-mails

Não é possível executar ações de e-mail marketing sem uma base de e-mails, logo, a primeira coisa a se fazer é investir na construção da sua lista.

Para empresas online, existem inúmeras práticas recomendadas. O problema, é que grande parte delas não funcionam em uma empresa física.

Para tal, existem ações específicas que passam sempre pelo mesmo ponto: pró-atividade do empreendedor.

Você precisa convidar seu cliente a lhe ceder o e-mail. Se você já possui alguns dados cadastrados em seu sistema de automação, ótimo, você pode aproveitar o que têm e apenas investir no crescimento da sua lista.

Caso contrário, é hora de colocar a mão na massa.

Mobilizando os vendedores

Toda grande mudança começa de dentro para fora. É preciso organizar seu pessoal e incutir neles a nova visão da empresa. Deixe claro aquilo que você quer e espera.

Oriente os seus vendedores para “capturar” e-mails dos clientes. Ofereça algum brinde em troca do endereço eletrônico das pessoas, faça cartilhas, explique as vantagens que o cliente receberá ao fornecer o seu endereço de e-mail.

Participe de Eventos

Participar de feiras e eventos é uma ótima oportunidade para angariar alguns subscritores. Se o seu negócio faz parte da atração, não deixe de capturar os e-mails dos prospects que demonstraram interesse.

Organize um sorteio

As pessoas gostam de sorteios e geralmente informam quaisquer dados para participar. O medo da perda de uma chance faz com que não pensem duas vezes antes de oferecerem o seus e-mails.

Telefone para os clientes

Seja proativo, a primeira ação depende exclusivamente de você. Provavelmente você possui os dados telefônicos dos seus clientes. Ligue e solicite o endereço de e-mail do consumidor em troca de algo, seja um desconto ou outro benefício exclusivo.

Nunca pratique Spam

Esta é mãe de todas as regras. Nunca, mas nunca mesmo, pratique Spam, ou seja, jamais envie uma mensagem sem autorização do destinatário e mesmo quando esta permissão lhe for dada, deixe claro na mensagem que existe a possibilidade de cancelar a assinatura informando o cliente de como fazê-lo.

Isso se chama “opt-out” e de acordo com o Código de Autorregulamentação para a Prática de Email Marketing, o remetente deverá disponibilizar ao Destinatário a sua política de Opt-out e informar o prazo de remoção do seu endereço eletrônico da base de destinatários, que não poderá ser superior a 2 (dois) dias úteis, quando solicitado diretamente pelo link de descadastramento do E-mail Marketing e 5 (cinco) dias úteis quando solicitado por outros meios, prazos estes contados a partir da data da solicitação comprovada.

E-mail marketing nas pequenas empresas é uma tarefa a longo prazo

Os resultados geralmente são satisfatórios, mas não imediatos. O e-mail marketing é um processo contínuo e a longo prazo. Além disso, a construção de uma boa lista demanda tempo e esforço, bem como é preciso investir pesado em planejamento e estratégia.

O que enviar aos clientes?

Isto depende da sua estratégia e do perfil da sua empresa. A sua criatividade é o limite. O mais importante é manter o cliente fidelizado e engajado.

  • Você pode enviar promoções e ofertas.
  • Você pode enviar notícias sobre os bastidores da sua empresa.
  • Você pode convidar o cliente a conhecer um novo produto ou serviço.
  • Você pode enviar dicas e tutoriais sobre a melhor forma de utilizar os produtos que você oferece.

Concluindo

O mundo esta mudando e se tornando mais virtual a cada dia. As médias e pequenas empresas fazem parte desta mudança de forma que o empreendedor precisa estabelecer uma nova visão, mais moderna e dinâmica.

O E-mail marketing está englobado nestes novos paradigmas e é uma oportunidade de melhorar seu negócio.

Via: http://empreendeblog.com.br